Cartão de crédito está sem controle? Veja essas dicas

Uma coisa muito importante que nem todo mundo sabe, e acredite se quiser, as pessoas acham que o limite do cartão de crédito faz parte de suas rendas. Isto é um grande erro.

A Mariana Rodrigues, 28 anos de Blumenau SC é vendedora em uma loja de shopping. Sua renda gira na casa dos 3.500 reais mês, porém ela paga por mês de fatura, 1.800. Se ela quiser quitar e zerar o seu cartão, teria que dispor de 9 mil reais.

Ela está sufocada, sobra em torno de 50 reais por mês, tirando o restante de suas contas que fazem parte do seu custo de vida.

Ela ama fast food, roupas e balada e confessa que não está gerenciando sua renda da forma correta, porém ela não está sozinha, talvez que está lendo se identifica com a situação dela.

O cartão de crédito é uma arma boa e ruim ao mesmo tempo. Se você não sabe lidar com o limite do seu cartão, mais cedo ou mais tarde, irá se enrolar e cuidado, os juros de cartão de crédito são altos.

Os bancos não brincam, o juros do cartão de crédito no Brasil podem chegar a 875% no ano. Muito alto.

Preparamos uma planilha de controle de custos do cartão de crédito para ajudar nesta empreitada de redução e controle de gastos .

Clique no link abaixo para poder baixar.

Download Planilha controle de cartão de crédito.

Sempre pague a fatura do cartão de crédito integralmente

Esta ordem é crucial para se livrar dos altos pagamentos de juros recorrentes, assim como o pagamento antes da data de vencimento.

Se você não conseguir pagar sua fatura integralmente, a dica é pagar o saldo mensal integralmente. É isso: quanto mais você paga, mais você tem em suas economias de juros de longo prazo.

Você realmente precisa de mais de 1 cartão de crédito?

Se você não conseguir dizer claramente os reais motivos de ter mais de 1 cartão de crédito, pode significar que você não está sabendo lidar com os créditos disponíveis a você. Na verdade, há no máximo um ou dois para diferentes datas de pagamento. Além de concentrar as compras em um cartão (o que pode valer a pena quando você tem um programa de recompensas), ter vários cartões é um incentivo para reduzir as compras (não é o seu caso?).

Utilize uma planilha ou aplicativo de controle

É importante entender como seu dinheiro é usado. Portanto, você deve anotar todas as cobranças incorridas em seu cartão de crédito.

Uma das maneiras mais fáceis é usar um aplicativo de finanças pessoais.

Os relatórios detalhados do cartão também podem ser seus controles. Enquanto isso, planilhas ou cadernos antigos podem ser usados ​​para fazer o controle financeiro e analisar a qualidade dos seus gastos. De qualquer forma, veja para onde vai o seu dinheiro.

Portanto, as medidas necessárias podem ser tomadas para melhorar sua situação financeira.

Não tenha um cartão de crédito com limite superior a 50% da sua renda

Ao usar um cartão de crédito, você pode ter a falsa sensação de que o dinheiro não está saindo da sua conta. Isso pode ser definido como “a alucinação agradável de comprar sem pagar”. Mas quando a fatura chega em sua casa, e-mail ou SMS, o pesadelo começa.

Para evitar maiores problemas, o limite do cartão de crédito deve ser de até 50% do seu lucro líquido, após eventuais descontos.

Evite cartão com anuidade

Alguns cartões que oferecem programas de vantagens, costumam cobrar anuidades altas e, na maioria das vezes, não acaba sendo vantajosa para o perfil do usuário.

Alguns cartões cobram R$ 800,00 por ano, para você ter uma ideia. Busque cartões que não cobram anuidade e entreguem vantagens que se enquadrem ao seu perfil.

E então, gostou das dicas? Compartilhe este link com os seus amigos!