4 Plataformas para Monetizar sua ideia com infoproduto

As plataformas para infoprodutos, uma das grandes tendências da internet para 2022, são sites
online em que pode hospedar qualquer tipo de produto, com o objetivo de o deixar disponível para
compra física ou download. Conheça as principais plataformas para monetizar a sua ideia e transformar em um negócio digital ainda este ano.

Ou seja, um infoproduto é um produto digital, cujo principal objetivo é transmitir a terceiros algum tipo de conhecimento de forma organizada, sucinta e pragmática. Uma das grandes conquistas da era digital foi a desmaterialização dos suportes físicos. É o caso das plataformas de streaming de música ou cinema, dos serviços de armazenamento digital ou dos próprios bancos digitais.

E é o caso dos infoprodutos, uma nova forma de partilhar e transmitir conhecimento na era da informação. E é também uma forma de monetizar as suas próprias ideias, gerando uma renda extra online, sem sair de casa e criando uma mais-valia a partir do conhecimento adquirido.

Sendo um dos mercados mais promissores da atualidade, é natural que as plataformas de
infoprodutos tenham também começado a proliferar na world wide web. Ou seja, hoje em Dira já
não é tanto difícil encontrar um site para comercializar os seus inforprodutos, mas antes saber
qual escolher. Tudo depende da divulgação que pretende fazer, os métodos de pagamento aceites
ou mesmo a forma como a plataforma distribui esse conhecimento. Para o ajudar a começar a
monetizar a sua ideia em 2022, fomos analisar os vários sites disponíveis no mercado de
momento e escolhemos aqueles que são os 4 mais poderosos.

Plataformas para monetizar sua ideia 01: MONETIZZE

A mais poderosa plataforma de infoprodutos do momento chama-se Monetizze, operando no
Brasil desde 2015. Com milhares de usuários, a Monetizze já ganhou vários prémios, o que prova
bem a sua qualidade. Além disso, permite ainda a venda de produtos físicos, sendo assim um site
versátil e com mais funcionalidades do que grande parte da sua concorrência. Mas não só. O
segredo da sua popularidade prende-se igualmente com as várias ferramentas que disponibiliza,
como os relatórios e análises que faz da gestão das vendas. O Monetizze cobra uma taxa de 9,9
por cento sob o valor do produto mais 1 real por cada venda.

Plataformas para monetizar sua ideia 02: HOTMART

A Hotmart é uma das plataformas mais antigas a operar no mercado brasileiro, onde está desde o
ano de 2010. É, por isso, uma plataforma de enorme confiança, com mais de milhão de usuários e
mais de 150 mil produtos à venda. É, assim, uma referência em toda a América do Sul e a sua
presença nesta lista é absolutamente obrigatória. A Hotmart cobra uma taxa de 9,9 por cento sob
o valor do produto, ao que acrescenta 1 real por venda. No entanto, tem uma grande vantagem
perante os seus concorrentes: é que permite sacar o dinheiro em apenas 24 horas, quando a
maior parte das outras plataformas apenas o permite ao fim de 30 dias.

Plataformas para monetizar sua ideia 03: Braip

Apesar de ser uma empresa relativamente jovem, a Braip já conquistou a sua posição no mercado
dos inforprodutos. Tudo graças a uma plataforma extremamente segura, que tem a satisfação do
cliente como primeira objetivo. Para isso, recorre a um site extremamente otimizado, com várias
ferramentas que ajudam a gerir da melhor forma as suas vendas. Além disso, as suas condições
são semelhantes aos concorrentes, com uma comissão de 9,9 por cento sob o valor do produto,
ais 1 real por venda. Contudo, a Braip cobra ainda uma taxa mensal de 5,49 por cento de acordo
com as vendas efetuadas nesse período.

Plataformas para monetizar sua ideia 04: UDEMY

Para encerrar esta lista, menção à Udemy, uma plataforma de infoprodutos exclusiva ao ensino à
distância. De acordo com os seus dados oficias, a plataforma tem mais de 35 milhões de usuários
registados, provenientes de 180 países distribuídos pelos quatro cantos do globo. Isso significa
que o seu mercado é aberto, encurtando distâncias e derrubando barreiras. Uma oportunidade de
sucesso comercial enorme, cheia de potencial.

Graças a esse crescimento, a Udemy tem expandido as suas vendas a outras áreas de conhecimento e, atualmente, já é possível ganhar dinheiro vendendo fotos, técnicas de saúde e outro tipo de infoprodutos. A Udemy cobra 3 por cento do valor do curso ou 50 por cento para vendas físicas.